Case de Sucesso: Ultramedic

5
(3)

Criada em 2002, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, a Ultramedic é uma empresa especializada em equipamentos veterinários de diagnóstico por imagem. Já são quase duas décadas sendo referência no ramo e crescendo como nunca.

A decisão de expandir

Em 2019, Samir Farah, CEO da Ultramedic, viu na internacionalização de sua empresa uma oportunidade de diversificar suas receitas.

Desse modo, fez sentido para Samir dar esse próximo passo.

Não depender financeiramente apenas do Brasil, mesmo que a Ultramedic estivesse crescendo cada vez mais no país.

A escolha pela Red

É impossível internacionalizar uma empresa sozinho. Por isso, comecei a pesquisar empresas que pudessem me auxiliar com esse sonho e, entre várias empresas, a Red me deu o retorno mais rápido.” – Samir Farah

A primeira impressão é a que fica. Pensando nisso, a Red Consulting dá o seu melhor pra que, já no primeiro contato conosco, os clientes tirem toda e qualquer dúvida que tenham.

Com a Ultramedic não foi diferente, o que foi fundamental para dar segurança ao Samir em colocar esse processo tão importante em nossas mãos.

“Abrir uma empresa nos EUA é um desafio muito grande. Seja pela cultura ou idiomas diferentes. Por isso, escolhi quem realmente entende do assunto.” – Samir Farah

Realmente, não é um processo fácil, mas com o suporte certo, ele com certeza se torna mais traquilo.

A Red Consulting coloca a segurança e a responsabilidade em primeiro lugar para o seu sonho se torne realidade.

A Ultramedic é uma das 300 empresas e pessoas que que a Red auxiliou a dar o próximo grande passo rumo aos Estados Unidos.

Mais um case de sucesso que mostra o quão comprometidos somos em realizar sonhos e temos muito orgulho disso.

Ultramedic

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário